sexta-feira, junho 15, 2007

25 TRANSLAÇÕES

Amadureci muito cedo aprendendo a ver a vida como ela realmente é, com suas mazelas, suas dores, delícias e cores. Sucessos e fracassos. Meus e os dos outros. Observo tudo o que me envolve. Ouço mais do que falo. Aprendi que é estúpido aquele que fala demais quando o certo é calar. Tímido, aprendi a me comunicar por imposição da profissão que escolhi. Descobri o amor e inúmeros de seus matizes aos 18 anos de idade, ao lado daquela com quem, hoje, divido os sucessos, fracassos, as mazelas, dores, delícias e cores que preenchem nossa vida. No singular, posto que nos tornamos um só.

Pais vigilantes e incansáveis na luta diária pela minha formação como ser humano de caráter honesto e senso de justiça social, aprendi a amar o Subúrbio onde nasci e cresci, sendo acompanhado e auxiliado de perto até conseguir alçar meus primeiros passos profissionais. Apoiado por toda a família, até mesmo a que me recebeu como irmão, filho, neto, sobrinho e primo, sigo hoje meus passos com mais segurança, mas sempre seguindo o sensato princípio, que norteia-me desde a mais tenra idade, de ver a vida sem ilusão.

Fã incondicional da gentileza, sempre me dei bem com as pessoas que não desprezam a cortesia nas relações pessoais. Aprendi o respeito em casa. Quando olho para as pessoas, procuro pensar que cada uma delas é a pessoa mais importante do mundo para alguém, e que, portanto, merecem meu profundo respeito. Não desconsidero ninguém, mesmo os que não simpatizam comigo. Tenho alguns amigos de verdade. Quem acha que tem muitos amigos não conhece uma verdadeira amizade. Mas tenho muitos camaradas, parceiros da antiga, parceiros novos e sou cercado de gente “boa praça”.

Jovem professor, o sucesso profissional me abraça a cada dia. Comecei com apenas uma turma de 16 alunos e hoje, dois anos depois, eles são mais de 400 espalhados em 12 turmas. Sinal de que o trabalho está dando certo. Mas o verdadeiro sinal do sucesso é o carinho dos alunos, o retorno daqueles que passam no vestibular, o sorriso dos “bem pequenos” quando chego para minhas aulas. Com eles, às vezes, eu aprendo mais do que ensino.

Com o amor, uma base familiar sólida, amigos, camaradas e trabalho, só me resta, hoje, quando completo 25 anos, agradecer e pedir aos Orixás, responsáveis por tudo o que sou, que me conservem a saúde para que eu possa continuar desfrutando de tudo isso enquanto a Terra executa muitas outras translações.

Oxalá abençoe!

Um Abraço Solidário!

8 comentários:

Fernanda Dias disse...

Parabens! E mesmo que este ano nao esteja no pré em Nikity, espero que saiba o respeito e carinho enormes q tenho por voce... Em um curtissimo intervalo de tempo, soube, de maneira surpreendente, ensinar.. e o melhor de tudo: MARAVILHOSAMENTE bem! Quem aprende com vc, nunca esquece! Foi um prazer inenarráaavel ter tido vc como professor, apareça nas aulas de fim de semana! hehe... Beijoss

Arnaldo disse...

Diego, você é um menino. Um meninão. Parabéns pelos 25 anos, amigo!

Diego Moreira disse...

Fernanda!!
Que bom ler suas palavras por aqui! Saudades de vc e do pessoal de Niterói! Guardo na memória os sorrisos de alunos como vc que me viam chegar de surpresa nas aulas de sábado, pacote... pareciam contentes... É, de fato, uma satisfação trabalhar com vcs!
Mas vou ter que convencer minha chefinha de me deixar aparecer numa aula dessas em Niterói.. Hehehe! É difícil ela abandonar essas bandas...
Valeu a visita! Super beijo! farei de tudo para aparecer por aí! Sucesso!

Diego Moreira disse...

Arnaldo, parceiro novo!
Obrigado pela mensagem, meu camarada! Estou na espectativa de ir em Sampa um sábado, talvez em julho, no período do Pan, pra fazer um roteiro gastronômico acompanhado da patroa, incluindo sanduba de mortadela (do mercadão) e churros da Mooca!
Quem sabe, eu e ela, não teríamos a honra de desfrutar da companhia de vocês?...

Dê um abraço na Clé! Desejo sucesso na recuperação!
Obrigado, meu amigo!

Ana Carolina disse...

Dieguito, finalmente, consegui postar aqui. A cada dia você escreve melhor. Parabéns por isso!
Saiba que você é uma pessoa muito importante nas nossas vidas e além disso é um professor maravilhoso.
Tenho certeza que o Orixás lhe trarão muita saúde e muitas felicidades para uma vida longa e de sucesso.
beijo


Ps.:Fluminense Campeão da Copa do Brasil!!!!!!! toma...toma...toma

Arnaldo disse...

Vai ser um grande prazer. Vamos desvendar esta cidade!

Diego Moreira disse...

Arnaldo, concretizando o plano da viagem, mando e-mail pra Clélia com antecedência. Isso vai ser uma beleza!

Carol, aguarde o gabarito comentado da prova da UERJ. Estou fazendo para o site do curso mas ele vai estar antes aqui.

Abraços!

Diego Moreira disse...

Ah, Carol! Não desanima, não! Tirou 42 na sua primeira prova de vestibular!! Foi excelente! Faltou apenas um ponto pra ganhar conceito A! No segundo exame você consegue mole!
Bjo!